Movimento Passe Livre, Baderna e Seus Objetivos Reais’

Free Pass Movement, Chaos And Their Real Goals
 

Vimos – e vamos ver ainda por alguns dias – a baderna, o caos, que se instaurou na Av. Paulista nos últimos dias por conta do aumento de 20 (sim, VINTE) centavos da passagem do transporte público. Valor esse congelado desde 2011.

Pois bem… Primeiramente me chamou atenção o fato de que enquanto passavam nos noticiários as imagens do “protesto”, era possível perceber coisas bem… SELECIONADAS, digamos: bandeiras do movimento LGBT, bandeiras do PSTU, PCO, PSOL etc…

Muita gente foi sequer sabendo do que se tratava – “ah, é protesto? do quê? Vamos protestar, quero fazer uma zona também” – e eu, há uns dois meses, presenciei na porta da minha faculdade panfletagem do PSOL – panfleto que convidava também para um almoço e uma reunião do partido – sobre esse “protesto” e o Movimento Passe Livre.

O registro do domínio do site do Movimento Passe Livre está sob o nome de sabe quem? Uma ONG patrocinada pela Petrobrás e que recebe subsídio do ministério da cultura e incentivo da lei Rouanet. Chegamos aonde eu queria:
– Se já era sabido pelo PSOL o tal aumento, o que os impediu de fazerem protestos antes do reajuste da tarifa do ônibus? Seria mais eficiente… Certo?
– O porquê de uma ONG subsidiada pelo governo e por empresa estatal – joga pro espaço totalmente o “N” da sigla, eu sei – ter tanto interesse assim num protesto contra o reajuste, pasmem, do próprio governo?
– Muita gente mal sabia por que estava lá; isso facilita a aproximação das organizações e partidos de extrema-esquerda ali presentes com o povo que acredita realmente que o protesto é pela diminuição da tarifa –  pobres coitados.
– Passe Livre? Essa conta tem que ir para alguém. Nesse caso, muito provavelmente iria para os bolsos das pessoas que têm carro. As alíquotas das taxas de IPVA, por exemplo, aumentam, suprindo, assim, as viagens “gratuitas” da moçada do “busão”. Isso é justiça? Uns pagando pelos outros? Uns SUSTENTANDO outros? Para mim, mais um meio de distribuição de renda e mais uma maneira de espoliação. Ora, já existe muito Robin Hood no Brasil.

E mais um ponto a ser ressaltado: caso nessa baderna aconteça merda – e vai acontecer -, isso vai ser usado de pretexto para demonizarem a polícia militar e Alckmin – que nem precisa ser mais demonizado; ele mesmo se presta esse favor – e servir de propaganda eleitoral para o PT ou outro partido socialista/comunista para o governo de São Paulo.
Isso é só o começo do que está guardado pro nosso país. Infelizmente.
E você… Vai mesmo continuar acreditando que isso é pra diminuir a tarifa do ônibus?

Ian Maldonado, é estudante de direito e roubado pelo Estado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s