Prefeitura de São Paulo – Descaso além túmulo

Por: Carlitos Maldonado

IMG_1356Muitas pessoas defendem a ideia de que o Estado deve prover saúde, educação, segurança, transporte e saneamento básico. Reclamam, quando perguntados, pelo fato de pagarem tantos impostos mas não verem resultados. Para essas pessoas, lamento informar: Jamais verão resultados satisfatórios. Nunca o Estado, por melhores administradores que tenha, conseguirá administrar seus recursos, melhor que você mesmo… desconfie de quem disser o contrário. Você sempre gastará o seu suado dinheiro com mais responsabilidade que qualquer estatólatra iluminado…

Senão, vejamos:

O atendimento de saúde pelo SUS custa até 8 vezes mais caro que qualquer atendimento na rede privada e é, como sabemos, péssimo, desumano, ineficaz…

As políticas de segurança pública, são tratadas como tese de sociologia, por sociólogos e “ongueiros”, quando deveriam ser comandadas por especialistas no assunto. O resultado disso é facilmente notado nas ruas, com os mais de 50 mil homicídios por ano, dos quais, apenas 8% são elucidados… Note: 50 mil homicídios por ano… e qual a política usada para estancar esse banho de sangue? O desarmamento dos cidadãos honestos, para alegria dos bandidos do país e tristeza dos pais de família, cada vez mais acuados e amedrontados.

A educação é uma mentira, não existe. O que existe é doutrinação ideológica de esquerda e greves de maconheiros criados a leite com pêra, na USP, – a tal universidade pública de SP – que na verdade é tomada por militantes de partidos comunistas que se utilizam das instalações, bancadas por todos nós, para puro, simples e nojento, proselitismo das esquerdas que mataram de fome milhares de pessoas pelo mundo todo.

Agora vamos para o assunto que me fez escrever esse texto… a morte! Não, não falo sobre o personagem “Morte” dos filmes de terror, com foice e todo o clichê envolvido, mas da morte cotidiana, do cemitério, da dor das famílias… e é ai que entra, mais uma vez a ineficiência estatal, a incompetência, a falta de vontade de trabalhar, a sordidez com que o Estado sempre trata o dinheiro dos contribuintes nessa republiqueta chamada Bostil… ops… Brasil!

1O Estado ineficiente, inchado e corrupto, não consegue sequer cuidar com decência dos mortos, que pagaram milhões em tributos, impostos e taxas, por toda uma vida. Muitas vezes se privando de férias e alegrias simples, como a cervejinha do final de semana, simplesmente para trabalharem mais, afim de aplacarem a fúria arrecadatória do Estado cada ve mis patrão e menos servidor…

Os brasileiro trabalham em média 5 meses do ano apenas para o patrão Estado, para sustentarem toda a burocracia estatal. 5 meses trabalhando para o Estado patrão, que trata à todos como escravos e súditos…

As fotos abaixo são chocantes para alguns, mas são a realidade de um dos cemitérios públicos de São Paulo, cidade administrada pelo PT, o Partido dos Trabalhadores que não trabalham, dos estudantes que não estudam e dos pensadores que só pensam MERDA.

Sim, é assim que são tratados os mortos no maior cemitério da América Latina, o Cemitério da Vila Formosa, na zona leste de SP.

Funciona assim:

Quando morre um ente querido, ao final do enterro e, junto com todo o sofrimento envolvido, um jardineiro cadastrado pela prefeitura procura o responsável pelo enterro – normalmente um filho que está enterrando o pai, um pai enterrando um filho, etc. e oferece seus serviços de jardinagem no túmulo, para que não fiquem como os das fotos… – “sabe como é?!” diz o jardineiro, tem gente que não tem dinheiro e ai o túmulo afunda, fica com buraco, os cachorros remexem… como eu sei disso? Eu passei por isso 2 vezes no ano maldito de 2013, pela provação de enterrar um ente querido nesse gigante maltratado… nesse mesmo cemitério…

Quanto custa o serviço de jardinagem? A bagatela de R$ 200,00 (duzentos reais) a R$ 300,00 (trezentos reais) para a feitura do túmulo, pagos na hora com cartão de débito ou crédito, – o jardineiro faz questão de sacar a máquina de cartões, praticamente em cima do tumulo do seu ente querido que acabou de ser enterrado – mais R$ 35,00 a 50,00 por mês para a manutenção, pagos via boleto… Quero deixar claro, também, que nada tenho contra os jardineiros e suas máquinas de cartões… eles são trabalhadores e precisam ganhar o sustento das suas famílias. Apenas entendo que a forma de oferecer os serviços, poderia ser feita de maneira diferente…

Para algumas famílias pobres da zona leste, isso é muito dinheiro. Dinheiro que é melhor usado com os vivos…

Mas e a dignidade daquele que trabalhou e pagou impostos a vida toda?

Ora, o cemitério da Vila formosa é um cemitério público, mantido com dinheiro de impostos dos cidadãos da cidade de São Paulo. Pergunto: A prefeitura do Sr. Haddad, do Partido dos Trabalhadores, não deveria providenciar pelo menos um túmulo básico? Não deveria a prefeitura manter o mínimo de dignidade para os mortos? Um túmulo que não afunde e que não deixe os restos mortais expostos, custaria demais para a prefeitura que arrecadou, só em multas de trânsito, R$ 799 milhões em 2012?

Ela mantém “belos” e bem cuidados túmulos, mas apenas para alguns… parece que até na morte o PT promove a luta de classes…

Para a manutenção do túmulo de um famoso funkeiro, assassinado recentemente, cujo nome não citarei por respeito à família, sempre estão 3 funcionários de macacão vermelho cuidando da jardinagem e da limpeza ao redor… Detalhe: Os funcionários de macacão vermelho não são jardineiros privados, esses jardineiros usam jaleco verde… os de macacão vermelho são funcionários do próprio cemitério, pagos por nós, destacados para que cuidem do túmulo do funkeiro famoso que tanto fez pela cultura do país… fez mesmo?

Nada contra o funkeiro… o pobre rapaz morreu jovem e merece ser tratado com dignidade depois de morto, mas e os outros túmulos abandonados e abertos? Essas pessoas não merecem respeito? E as pessoas viva, os familiares que visitam o cemitério afim de prestarem homenagens aos seus entes queridos mortos, não merecem respeito? Imagine-se visitanto o túmulo de um ente querido, olhar ao lado e ver um túmulo aberto com um corpo apodrecendo à luz do dia… imaginou? Pois é… triste né? Repugnante cena de filme de terror… pois eu já vi alguns assim…

Que a prefeitura de São Paulo faça um túmulo básico, com um número de identificação e que esteja COBERTO, sem buracos de erosão a qualquer chuvinha… caso a família queira fazer algo diferente, que pague… mas o básico tem que ser feito pela prefeitura, já que o sepultado pagou impostos a vida toda também para essa hora, também para essa triste finalidade… a de que seus restos mortais, sejam tratados com o mínimo respeito e dignidade.

E você, da próxima vez que pensar em exigir mais serviços do Estado, lembre-se: É pela diminuição do tamanho do Estado que temos que lutar, pela diminuição de impostos, de interferência e ingerência estatal… pela privatização de todas as empresas estatais. Estado não tem que ser empresário…. é disso que precisamos, menos Estado, muito menos Estado… só assim, pagaremos menos por nossa saúde, educação e segurança… e teremos serviços infinitamente melhores prestados pela iniciativa privada.

O Estado deve cuidar do básico, que segundo meu entendimento é: Segurança nacional, algumas agências reguladoras e o básico da saúde, como postos de atendimento básico em locais afastados, para atendimento de urgência para famílias sem qualquer recurso…

Afinal, como provado pelas fotos que acompanham esse texto, o Estado não cuida nem dos mortos, que dirá dos vivos… e não venham dizer que isso ocorria antes do PT na prefeitura. Passei minha infância empinando pipa dentro desse cemitério, moro ao lado e, jamais vi esse tipo de desrespeito. Isso é descaso do PT e seu prefeito poste!

Carlitos Maldonado, músico e micro-empresário ROUBADO pelo Estado.

1

foto 5

IMG_1434

IMG_1436

IMG_1444

IMG_1445

IMG_1446

IMG_1447

IMG_1433

Anúncios

3 comentários sobre “Prefeitura de São Paulo – Descaso além túmulo

  1. Absurdo e descaso total da prefeitura … eu estive neste cemitério com o Carlitos noutro dia e ele me mostrou esses buracos e ossos .. isso é no mínimo um gigantesco desrespeito com estes que contribuíram a vida toda com o estado .. estamos jogados às traças enquanto vivos e literalmente jogados às traças depois de mortos ..

    Curtir

  2. O descaso com cemitério de vila formosa não é recente, entretanto nas gestões do PT entenda; Luiza Erundina, Marta ex Suplicy e agora haddad e com o Cassab também não era lá essas coisas, esse cemitério sempre esteve em total abandono, a Prefeitura deveria ter a obrigação de oferecer um túmulo básico para seu munícipes, e manter a conservação do espaço que hoje está deprimente, além da dor da perda, chega a doer também o fato de termos que deixar um ente querido naquele local abandonado, umas das coisas mais marcantes nas gestões do PT é exatamente o desrespeito com as pessoas inclusive com os próprios eleitores e partidários que não sabemos porque insistem em apoiar algo que notadamente e tendencioso às mentiras, ao mal caratismo e as manobras fraudulentas para se perpetuar no poder.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s