Pombos enxadristas travestidos de intelectuais.

Ou sabidões de boteco…

No Brasil há uma espécie de imbecil coletivo e coletivista, que acha que, por conhecer alguém, por ser formado em alguma coisa, por ter uma vida melhorzinha, pode cagar regras de conduta, determinar posturas e policiar pensamentos. Como os “artistas” globais defensores do atraso e aqueles que expõem “arte” com crianças vestidadas de travestis, Cristo segurando pênis de borracha, e palavrões em hóstias… fazem o que querem e como querem, mas não suportam, tem chiliques com qualquer mínima contestação. Os reis da contestação inútil, os fomentadores do atraso revolucionário eterno, os socialistas de iphone, não admitem a contradita, por menor que seja.

Ao passo que também existe no Brasil uma outra espécie de imbecil, essa mais numerosa, os imbecis dos muros, os “isentões”, os que seguem o primeiro tipo descrito acima; Aquele tipo de pessoa que concorda com tudo que não presta, para ser bem aceito na patotinha cool, abomina ser comparado às pessoas comuns, aos pais, gente que acorda cedo e trabalha; Faz de tudo para não entrar em brigas com os amiguinhos da Beautiful People; São cools e progressistas, politicamente corretos, gente florida e purpurinada que quer mudar o mundo do alto das mesinhas dos bares da Vila Madalena, Brasília ou Leblon… há também os que estão no exterior usufruindo das benesses e do conforto proporcionado pelo capitalismo e da ordem e educação, mas não admitem que se venda a Petrobras, afinal, o petróleo é nosso e a Petrobras é orgulho do povo, mesmo que esse povo – sofrido e trabalhador – tenha que pagar quase R$ 5,00 o litro da gasolina mais podre do mundo!

Aqueles que entram no facebook alheio, assim como os invasores de terras e propriedades privadas (que eles tanto amam e defendem), largam uma frase de efeito, um textinho politicamente correto, e somem da discussão. Tipo o pombo enxadrista que derruba todas as peças do tabuleiro, caga em cima da mesa e sai de peitinho estufado dizendo que lacrou, acabou com todos os argumentos dos reaças da extrema-direita. Eles vão contra até a biologia, imagine contra pensamentos políticos, sociais e econômicos, então. Mesmo tendo a prova cabal de que o sistema que eles apregoam não funcionou em lugar nenhum do mundo, ainda se jactam “difusores da verdade e do bem social“.

Há um tipo de gente no Brasil, infelizmente, que pode ser adjetivada como a vanguarda do atraso. Gente que não concorda com nenhum avanço ou melhoria, gente que se acha no direito – feito criança mimada – de cagar na cabeça da maioria e ainda forçar essa maioria a achar a merda bonita, cheirosa e lacradora!

Uma gentalha imoral, sem nenhum sentido de honra ou moral, que quer socialismo para os outros, sem jamais abrir mão do conforto capitalista proporcionado pelos papais que os sustentam, aqui ou no exterior; Não abrem mão do patrimônio que herdarão, mas querem socializar o “latifúndio” alheio; Gente que defende a manutenção do inadministrável SUS, mas que corre pro Sírio Libanês ao primeiro sinal de uma unha encravada; Vagabundo intelectual que apregoa a reforma agrária, mas que não abre mão do apezinho no Guarujá; Gente que quer ressocialização de bandidos, desarmamento civil, mas que não abre mão do seguro do carrão, condomínio com segurança 24hs, etc…

Mas os “artistas” globais devem ser os mais nefastos. Eles não concordam com nada e conseguem fazer a cabeça de um monte de gente idiota e ignorante que ainda cai na conversa fiada que eles tanto semeiam. Se alguém propõe uma reforma trabalhista, dizem que estão acabando com direitos do povo trabalhador, quando eles próprios querem distância da CLT para seus vínculos empregatícios com a Globo. Preferem um contratão PJ, que lhes renda mais liberdade e dinheiro no bolso… querem mais estado pra você, regulamentando até o sal que você come em restaurantes, mas para eles, sempre menos impostos…. não é isso? CLT e regulação excessiva é para os empresários – os poucos malucos que ainda tentam produzir nesse buraco sem fundo – ou para os funcionários, o povão. Mas talvez eles saibam mais que o povo, esse ajuntamento de idiotas, afinal, o cidadão infantilizado não sabe discutir seu próprio contrato com seu empregador, precisa do estado como babá e deles como fiscais…

E se falar em explorar 1 metro da floresta intocável da Amazônia, lá vem eles com hashtag e textão revolucionário…. #SomosTodosAmazonia… vão capinar um lote, vagabundos!

clt
Há também os tarados ecológicos, aqueles que não querem que se toque na floreta amazônica nem no mico leão dourado, mas que jamais pesquisaram para saber que mais de 60% do território nacional é improdutivo por ser reserva florestal, área indígena, quilombola, etc.

indios_camara_01

12,5% do território nacional é reserva indígena, ou seja: 800 mil “índios” ocupam 12,3% do território nacional, o resto dos 200 milhões de habitantes se espremem em 40% do restante… desses 800 mil índios, nem metade vive nessas áreas demarcadas, a maioria vive em cidades, trabalham, estudam e não querem saber de viver como animais em um zoológico perpétuo para deleite de intelectuais e ONGs.

País tem 516 milhões de hectares de florestas, o equivalente a 60,7% do território nacional, mas fale em explorar 1 milimetro que seja comercialmente, o que beneficiaria milhões de brasileiros que poderiam trabalhar com turismo, comércio, caça monitorada, pesca, ou mesmo indústria, cassinos, e por ai vai (aqui se promove turismo de favelas, esqueci…). Mas tente remover um pé de pau para ver a grita promovida pelos tarados ecológicos… tarados esses que não se preocupam com 65% do país sem saneamento básico, rios que cortam cidades sendo usados como esgoto a céu aberto. Já viram alguma ONG ou ambientalista acampando às margens do Rio Tietê em SP, para lutar pela limpeza de um dos rios mais importantes desse país?

brasil-Meio-ambiente

Fala-se em construir uma hidrelétrica em Belo Monte, o que, teoricamente, em um país decente, baratearia os custos de energia para o povo, e lá vem as hordas globais ecologicamente correta para barrarem qualquer progresso ou avanço!

Resumindo: O Brasil é fadado a se manter no atraso, com uma minoria histérica cagando nas cabeças da maioria trabalhadora e pagadora de impostos. Os mais altos do mundo, aliás, para sustentarem o deleite de intelectuais de esquerda, artistinhas de bosta que não representam nada, gente safada que vive no exterior mas se satisfaz em manter quase 70% do território nacional intocado para usufruto de ½ dúzia de “indígenas”, “quilombolas”, e micos dourados…

E ainda temos que bancar lei de incentivo à cultura, como a famigerada lei Rouanet, que promove só lixo cultural e agora, até mesmo vilipêndio da fé cristã, professada por mais de 80% do povo brasileiro, além de pedofilia, zoofilia e barbaridades correlatas… e tudo isso, quietos, silentes e obedientes… caso contrário, além de pagar, somos chamados de fascistas, ignorantes, extremistas de direita, etc.

E o povo? Ora, o povo… o povo que se cale e pague, ou, repito: será chamado de fascista, nazista, manobrista, taxista… calemo-nos e aceitemos nossa sina de escravos do estado, cada vez mais inchado, regulador e patrão, bem como de subalternos dessa casta privilegiada que cagam regras de conduta e determinam nossos pensamentos…

E para não dizerem que não falei de flores: É bom JAIR se acostumando

Peço desculpas por prováveis erros gramaticais nesse texto pois não tive tempo de corrigí-lo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s